Connect with us

Economia

AUXÍLIO-TAXISTA: veja como o benefício será movimentado

Publicado

on

Após um período de indefinição, o governo federal bateu o martelo sobre a forma que o auxílio-taxista será movimentado. A saber, o benefício de R$ 1 mil começará a ser pago aos trabalhadores no dia 16 de agosto, ou seja, em duas semanas.

Aliás, o pagamento será dobrado neste mês. Em resumo, isso acontecerá porque a Emenda Constitucional nº 123 estabeleceu o pagamento de seis parcelas de R$ 1 mil até o final do ano. Contudo, como faltam apenas cinco meses para o fim de 2022, as parcelas referentes a julho e agosto do Benefício Emergencial aos Motoristas de Táxis (BEm-Taxista) serão pagas neste mês.

Vale destacar que os últimos quatro meses do ano, de setembro a dezembro, não terão o auxílio dobrado. Nesses meses, o valor a ser recebido pelos taxistas será de R$ 1 mil, referente a uma única parcela. Em suma, nenhum fator irá dobrar ou aumentar o valor do pagamento nestes meses, que seguirão a Emenda Constitucional.

Leia também: AUXÍLIO BRASIL: novos beneficiários vão receber valor retroativo?

publicidade

Governo define forma de movimentar auxílio

Muitos taxistas estavam aguardando uma definição do governo sobre como iriam poder movimentar o valor do auxílio. Diferentemente do Auxílio Brasil, que possui aplicativo próprio, o auxílio-taxista não tem um app para que os trabalhadores tenham acesso às parcelas.

Por isso, o Ministério do Trabalho e Previdência decidiu que os taxistas poderão fazer movimentações no valor através do aplicativo Caixa Tem. Aliás, o app já é utilizado por diversos usuários que recebem tanto o Auxílio Brasil quanto o vale-gás nacional.

De acordo com o governo federal, os taxistas que não possuem conta no app Caixa Tem não precisam se preocupar. Em resumo, o governo pretende criar uma conta poupança social digital para todos os trabalhadores elegíveis.

AUXÍLIO BRASIL: governo inclui 2,2 MILHÕES de famílias em agosto

Prefeituras tinham até as 19h para enviar dados dos taxistas

A saber, as prefeituras estaduais e do Distrito Federal tinham até as 19h desta terça-feira (2) para enviar o cadastro dos taxistas ao Ministério do Trabalho. Na verdade, o prazo havia se encerrado no último domingo (31), mas o governo decidiu prorrogá-lo para dar mais tempo às prefeituras.

publicidade

Um dos problemas mais encontrados pelas prefeituras foram as licenças vencidas dos trabalhadores. Em síntese, muitos deles não fizeram o licenciamento, alegando dificuldades por causa da pandemia da covid-19. Isso fez todos correrem contra o tempo para atualizar o cadastro.

O calendário de pagamento do BEm-Taxista tem as seguintes datas pré-definidas:

1ª e 2ª Parcelas: 16 de agosto;
3ª Parcela: 24 de setembro;
4ª Parcela: 22 de outubro;
5ª Parcela: 26 de novembro;
6ª Parcela: 17 de dezembro.

No entanto, a previsão de pagamento muda conforme a data de envio dos dados. Como as prefeituras terão nova chance de enviar os dados, os taxistas incluídos posteriormente no auxílio terão acesso ao pagamento também em datas posteriores. Por isso, vale ficar atento a todas as atualizações sobre o benefício.

Leia também: Conta de luz mais BARATA em 12 estados; veja quais são

publicidade

O post AUXÍLIO-TAXISTA: veja como o benefício será movimentado apareceu primeiro em Brasil123.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Generated by Feedzy