Connect with us

Sem categoria

Auxílio de R$ 1 mil liberado pela CAIXA recebe inscrições

Publicado

on

O Auxílio de R$ 1 mil para pessoas físicas está sendo liberado aos trabalhadores. Antes de mais nada, a Caixa Econômica Federal, instituição gestora do programa, recebe as inscrições dos interessados no benefício. Deste modo, durante este mês de maio, não está sendo diferente.

Primeiramente, é importante destacar que o mais novo microcrédito também libera os valores para MEIs (Microempreendedores Individuais). Todavia, para esse grupo em específico, os valores podem chegar a até R$3 mil.

Nesse sentido, é considerável deixar claro que a liberação da nova oferta de auxílio compõe o Programa de Simplificação de Microcrédito Digital para Empreendedores, chamado de SIM Digital. A liberação ocorreu após medida do presidente Jair Bolsonaro.

Auxílio de R$ 1 mil liberado

O novo auxílio de R$1 mil visa contemplar pessoas físicas. A oferta, dessa maneira, vai beneficiar até mesmo por quem possui o nome nos órgãos de proteção de crédito, como SPC e Serasa. Além disso, microempreendedores individuais terão direito ao benefício.

publicidade

Segundo informações da CAIXA, das solicitações de empréstimo do sistema do Caixa Tem, mais de 80% foram feitas por pessoas que estão com o nome negativado.

Os números mostram que pouco mais de 83% das solicitações feitas até aquele momento, partiram de pessoas que estão com o nome sujo. São cidadãos que possuem alguma dívida em aberto. Vale lembrar que o sistema de empréstimo do Caixa Tem permite que o cidadão negativado solicite o saldo de até R$ 3 mil.

Auxílio de R$ 1 mil para negativados e até R$ 3 mil para MEIs

O novo microcrédito, também conhecido como SIM Digital, vai beneficiar os cidadãos brasileiros, incluindo os negativados, e os microempreendedores individuais. Os valores podem ser de R$ 1 mil e R$ 3 mil, respectivamente.

No caso do Auxílio de R$ 1 mil, o valor é liberado para pessoas físicas, conforme informado anteriormente.

Com relação as taxas de juros, as pessoas físicas poderão pegar os valores com taxa de 1,95% ao mês, já os microempreendedores individuais com 1,99% ao mês. Vale ressaltar que o meio de contratação será diferente entre os dois grupos.

publicidade

Importante mencionar que no caso dos MEIs, o dinheiro é para o negócio, como capital de giro,  para compra de insumos e de equipamentos, visando ampliar a produção, por exemplo.

Seja como for, a contratação do microcrédito pelas pessoas físicas deve ser realizada diretamente no aplicativo Caixa Tem, disponível para download gratuito nos sistemas Android e iOS.

Por outro lado, com relação ao MEI, a contratação deve ser feita em uma agência da Caixa e o microempreendedor deve ter, ao menos, 12 meses de faturamento com seu CNPJ.

Modalidades do Programa 

Pessoas físicas. A modalidade terá acesso a um crédito de até R$ 1 mil. A taxa de juros sendo de 1,95% mês, sendo o que empréstimo pode ser dividido em 24 meses. Vale observar que mesmo quem está negativo pode ter acesso ao empréstimo do programa;
Pessoas jurídicas. Nessa modalidade são beneficiados os microeempreendedores individuais (MEIs). O crédito liberado para esse grupo pode chegar até R$ 3 mil. A quantidade de parcelas é a mesma estabelecida para as pessoas físicas, 24 meses e com juros um pouco maiores que aqueles do primeiro grupo: 1,99%. Ainda no caso dos MEIs, só poderão participar do programa de microcrédito, empreendedores que tenham receita bruta anual somente até R$ 360 mil.

Posso pedir o microcrédito se estiver com o nome sujo?

Primeiramente, o cidadão com o nome sujo poderá solicitar o microcrédito de R$1 mil ou R$3 mil. Ademais, é importante mencionar que terá acesso aos empréstimos inclusive quem está com o nome sujo (negativados) em instituições de análise de crédito, como Serasa e SPC Brasil.

publicidade

Como utilizar o Caixa Tem?

Depois de baixar o aplicativo, o usuário deverá realizar a atualização cadastral no Caixa Tem. Para isso, o aplicativo solicita que o usuário digitalize o documento de identidade, envie uma foto “selfie” e informe a renda mensal.

No caso do MEI, o crédito deverá ser pedido nas agências. Para contratar, o cidadão deverá ter uma conta na Caixa, ter mais de 12 meses de faturamento como MEI e apresentar comprovante de residência e documentos pessoais e da empresa.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.