Connect with us

Economia

Auxílio Brasil de R$ 600: Bolsonaro diz que vai precisar de PEC

Publicado

on

O presidente Jair Bolsonaro afirmou novamente que pretende manter o Auxílio Brasil de R$ 600 em 2023. De acordo com ele, essa é a intenção do governo federal, mas não depende apenas do Executivo aprovar o valor.

Em resumo, Bolsonaro disse que será necessária a apresentação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), assim como ocorreu neste ano. “Você necessita de um PEC porque tem legislação. Qualquer presidente que porventura se eleger vai depender do Parlamento para os R$ 600”, disse o presidente.

Segundo Bolsonaro, essa proposta de manter o Auxílio Brasil em R$ 600 no próximo ano já recebeu aval do ministro da Economia, Paulo Guedes. Inclusive, ele afirmou que o valor já estará presente na proposta do governo para o Orçamento de 2023.

“Não vai ter problema, porque teremos responsabilidade para isso. Foi acertado hoje com Paulo Guedes. A proposta nossa na LOA [Lei Orçamentária Anual] já vai com indicativo para manter os R$ 600 no ano que vem. Logicamente, vamos depender do parlamento após as eleições…”, explicou Bolsonaro.

publicidade

AUXÍLIO BRASIL: novos beneficiários vão receber valor retroativo?

Veja mais declarações de Bolsonaro

A saber, estas declarações ocorreram durante uma entrevista ao SBT Brasil na terça-feira (2). Na entrevista, o presidente também disse que pretende corrigir a tabela do Imposto de Renda. Aliás, essa é uma das promessas de campanha de Bolsonaro, que é candidato à reeleição da presidência da República.

“Hoje, conversando com o próprio Paulo Guedes, com a equipe econômica, está garantido isso daí [benefício de R$ 600] dentro da responsabilidade fiscal, entre outras coisas faremos também dentro da responsabilidade fiscal, como por exemplo, uma correção na tabela do Imposto de Renda…”, disse Bolsonaro.

Apesar da promessa em manter o Auxílio Brasil de R$ 600 em 2023, o governo federal não teria de onde retirar dinheiro para financiar o benefício turbinado. De acordo com analistas, a conta dos gastos deste ano para turbinar os benefícios sociais será paga em 2023, ou seja, o governo já terá que se desdobrar para conseguir pagar os auxílios mais robustos do final deste ano.

Leia também: Auxílio caminhoneiro: mais de 870 mil devem receber valor em agosto

publicidade

O post Auxílio Brasil de R$ 600: Bolsonaro diz que vai precisar de PEC apareceu primeiro em Brasil123.

publicidade
Clique e Deixe seu Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Generated by Feedzy