RENDA EXTRA com o que você PODE TER em casa: ESTE item é VALIOSO

Já pensou em formas de obter uma renda extra? E se disséssemos que essa renda pode vir das moedinhas perdidas nos bolsos, usando o próprio dinheiro que você já tem? À medida que o uso de cartões de débito, crédito e aplicativos de pagamento se torna mais comum, o dinheiro em papel e as moedas estão se tornando cada vez mais raros, como é o caso de um tipo especial de moeda de R$1.

Além disso, algumas peças possuem características que as tornam ainda mais valiosas. Um exemplo é a moeda de R$1 que você verá a seguir. Segundo informações divulgadas na internet, essa moedinha pode valer até 20 mil reais: uma boa renda extra, não é?

Moeda de R$1 pode ser uma fonte de renda extra

Essa moeda de R$1 é considerada uma das mais raras no que diz respeito ao Real e seu valor de mercado é alto devido a um erro de fabricação na Casa da Moeda. Ela é conhecida como “bifacial”, ou seja, possui os dois lados idênticos.

Para determinar se uma moeda tem cunho de raridade ou não, é necessário prestar atenção aos detalhes, como:

  • Números de série diferentes;
  • Local de emissão;
  • Material;
  • Possíveis erros ou relevos incomuns nos desenhos da moeda.

A moeda ao qual mencionamos acima tem um erro de fabricação que a torna idêntica em ambos os lados. Sua raridade é ainda maior porque, em vez de exibir seu valor em ambos os lados, a moeda possui a efígie nas duas faces. Outro exemplo são as moedas de 1 centavo que, conforme relatos de sites especializados, chegam a valer aproximadamente R$ 1.000 juntas.

Muitas pessoas colecionam esse tipo de objeto, mas nem todas têm conhecimento do valor exato que cada item possui. Algumas moedas raras chegam a valer muito mais do que se imagina. Portanto, ao lidar com essas peças, é sempre bom estar atento às possibilidades de encontrar itens valiosos. Assim, aproveite a oportunidade para obter uma renda extra.

1 centavo de 1994 e 5 centavos de 1997


Você também pode gostar:

Uma moeda rara é o centavo de lançado em 1994. De acordo com o catálogo brasileiro de moedas, mais de 887 milhões de unidades foram produzidas neste ano. Dentro desse número, algumas foram emitidas com o reverso invertido (180º), o que certamente renderá ao proprietário aproximadamente R$ 280.

Outra raridade está entre as lançadas em 1997, no valor de 5 centavos. Com uma produção de cerca de 235 milhões de unidades, algumas foram fabricadas com o disco da moeda de 1 centavo, no erro conhecido como “disco trocado”. Esse defeito é mais raro, rendendo ao dono da peça até R$ 700.

RENDA EXTRA com o que você PODE TER em casa: ESTE item é VALIOSO
As moedas brasileiras com defeitos podem ser valiosas – Imagem: Canva

Rosto de Juscelino Kubitschek

Uma moeda rara é aquela com núcleo deslocado, como a de 2002 com o rosto de Juscelino Kubitschek. Segundo o catálogo de moedas, esse defeito pode aumentar o valor da peça para R$ 600.

Efeito boné

Outra raridade é aquela que apresenta o efeito boné. Se o efeito for nível três, ou seja, se a data não estiver visível, o valor da moeda pode chegar a R$ 1.000.

Batida dupla

A moeda de R$ 1 com batida dupla tem um valor estimado de R$ 1.000, de acordo com o catálogo especializado no assunto.

Mesma coloração

Uma das moedas mais raras do real é aquela que possui um disco único, onde a borda e o núcleo têm a mesma coloração, diferentemente de uma moeda de R$ 1 comum que tem o núcleo em aço inoxidável. Uma peça desse tipo pode valer R$ 1.200.

Comemorativa aos 25 anos do Real

Por fim, a moeda mais rara da lista é a comemorativa de 25 anos do plano Real, que teve início em 1994. Também conhecida como moeda do beija-flor, se a moeda for bifacial, mostrando o pássaro em ambos os lados, seu valor pode chegar a R$ 7.000.

Siga o Notícias Concursos no Google News e receba novidades sobre Benefícios Sociais, Concursos, Empregos, Dicas e muito mais.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Este conteúdo apareceu primeiro em: RENDA EXTRA com o que você PODE TER em casa: ESTE item é VALIOSO

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.