Mudanças no MEI pode trazer benefícios para a categoria, confira

Algumas mudanças no MEI pode trazer benefícios para a categoria, visto que o Governo Federal está propondo algumas alterações significativas nesse regime de trabalho.

Desse modo, para que você saiba tudo o que precisa sobre esse ponto reunimos algumas das principais informações para te passar.

Portanto, se você é um Microempreendedor Individual está interessado, não deixe de seguir a leitura até o final para não perder zero importante!

Mudanças no MEI pode trazer benefícios para a categoria, confira

Conforme mencionado supra, o regime trabalhista MEI está prestes a passar por transformações significativas. Isso porque, com algumas propostas de mudanças que o Governo propôs, esse regime poderá passar por uma otimização.

Dessa forma,  sob a liderança do Ministro do Empreendedorismo, Márcio França, essas mudanças buscam não exclusivamente simplificar, mas também tornar mais justas as obrigações e benefícios associados ao MEI.

A mais recente proposta do Ministério do Empreendedorismo destaca uma provável redução na tributo mensal para os Microempreendedores Individuais. Nascente desenvolvimento é particularmente animador, pois pode valer um consolação financeiro significativo para aqueles que operam nesse regime tributário simplificado.

Mudanças no MEI visa cobrança progressiva de impostos de entendimento com o faturamento

Demais, vale ressaltar que uma das mudanças mais substanciais está relacionada à forma de cobrança dos impostos. 

Atualmente, MEIs que faturam entre R$ 500 e R$ 6.750 pagam a mesma filete no Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS). Mas, com a proposta de uma cobrança progressiva, alinhada ao faturamento real, a justiça tributária se torna mais evidente.

Revisão do teto de faturamento anual

O teto de faturamento anual para MEIs, fixado em R$ 81 milénio, está sob avaliação. Dessa maneira, a mudança proposta permitiria que empreendedores que ultrapassassem esse limite não precisassem se desenquadrar imediatamente, proporcionando uma transição mais suave para aqueles cujos negócios experimentam um incremento inesperado.

Cobrança de tributos exclusivamente sobre o valor extrapolado ao limite

Outra diferença significativa envolve a forma porquê ocorre o cômputo dos tributos. Ao invés de tributar mensalmente sobre o faturamento totalidade, a proposta é cobrar exclusivamente sobre o valor que ultrapassa o limite anual. 

Assim, essa abordagem simplifica o processo de pagamento de impostos para os MEIs, tornando-o mais eficiente e transparente.

Escalonamento do faturamento do Simples Pátrio

Uma medida pensada para tornar o incremento mais sustentável é o aumento escalonado do faturamento do Simples Pátrio, proposto em 20% ao ano. O DAS, que abrange contribuições ao INSS, ISS e ICMS, será ajustado gradativamente. 

Dessa forma, esse ajuste visa proporcionar uma transição suave para os empreendedores, permitindo um incremento mais equilibrado.

Quem pode ser MEI?

Para se enquadrar porquê Microempreendedor Individual, o trabalhador precisa atender a alguns critérios.

Primeiramente, o faturamento anual deve ser de até R$ 81 milénio, e o empreendedor não pode ser sócio, gestor ou titular de outra empresa, mesmo de um ramo dissemelhante. 

Aliás, a contratação de funcionários está limitada a 1, e em alguns casos, essa contratação pode ocorrer aquém do salário mínimo.

Vale sobresair ainda que também é necessário treinar uma das mais de 450 atividades permitidas, lembrando que essa lista passou por uma diferença recentemente, com a exclusão de algumas atividades.

Veja os benefícios de ser MEI

Além das mudanças propostas que buscam aprimorar o envolvente para os Microempreendedores Individuais (MEIs), é fundamental sobresair os benefícios intrínsecos a essa categoria. 

Acontece que ser MEI não exclusivamente simplifica o processo empreendedor, mas também oferece diversas vantagens que contribuem para o sucesso e a segurança dos negócios.

Sendo assim, confira aquém algumas das principais vantagens de se tornar um Microempreendedor Individual:

Simplicidade na formalização e gestão

Primeiramente, cabe observar que o processo de formalização porquê MEI é notavelmente simplificado. A burocracia é reduzida, permitindo que empreendedores iniciem suas atividades de forma rápida e descomplicada. 

Aliás, a gestão contábil é simplificada, facilitando o cumprimento das obrigações fiscais.

Tributação simplificada e redução de custos

Demais, a tributação simplificada é também um dos principais atrativos para os MEIs. Isso ocorre porque o pagamento unificado por meio do DAS engloba contribuições ao INSS, ISS e ICMS, eliminando a urgência de mourejar com diferentes órgãos e documentos fiscais. 

Desse modo, isso não exclusivamente simplifica a contabilidade, mas também reduz custos operacionais.

Aproximação a benefícios previdenciários

Por término, ao contribuir regularmente com a Previdência Social por meio do DAS, o MEI tem aproximação a benefícios previdenciários, porquê:

  • Aposentadorias;
  • Auxílio-doença;
  • Salário-maternidade;
  • Pensão por morte, entre outros.

Essa segurança social é fundamental para a segurança financeira do empreendedor e de sua família.

Agora que você já sabe tudo sobre as mudanças no MEI que podem trazer benefícios para a categoria, fique sengo ao curso da proposta para saber quando as novas regras entrarão em vigência! 

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.