A entrega da Declaração do Imposto de Renda tem prazo final no dia 31 de maio e os brasileiros estão entrando em desespero.

### Imposto de Renda 2024: Saiba como evitar multas e declarar corretamente

A declaração do Imposto de Renda 2024 está com o prazo finalizando em 31 de maio de 2024. Até o momento, a Receita Federal já recebeu 27,7 milhões de declarações, porém, a expectativa é que esse número ultrapasse os 43 milhões no total. Para quem ainda não finalizou ou sequer iniciou a declaração, é possível enviar uma declaração incompleta e posteriormente fazer a retificação, evitando assim problemas futuros.

#### Por que optar por uma declaração incompleta?

Declarar de forma incompleta implica preencher apenas a ficha “Identificação do Contribuinte” com informações básicas como nome, CPF, endereço, entre outros. Essa estratégia permite pelo menos cumprir o prazo estabelecido pela Receita Federal, evitando assim multas e penalidades.

### Dicas para evitar multas pesadas no Imposto de Renda

Deixar de entregar a declaração dentro do prazo pode resultar em multas significativas, que vão de R$ 165,74 até 20% do valor total do imposto devido. É aconselhável pelo menos iniciar o processo de declaração para evitar tais consequências.

#### O que é uma declaração retificadora?

A declaração retificadora é utilizada para corrigir possíveis erros presentes na declaração original. Vale ressaltar que a retificação deve ser feita pela internet até o prazo final, que é 31 de maio de 2024. Após essa data, a correção só poderá ser feita de forma presencial, seguindo as informações previamente informadas.

### Escolha a declaração pré-preenchida para facilitar o processo

Quem ainda não iniciou a declaração do Imposto de Renda pode optar pelo modelo pré-preenchido, que traz informações das fontes pagadoras e do contribuinte do ano anterior. No entanto, é essencial revisar todas as informações, pois a responsabilidade final do envio é do contribuinte.

#### Cuidados na entrega da declaração do Imposto de Renda

Ao declarar o Imposto de Renda, é fundamental informar todos os rendimentos tributáveis, exclusivos e isentos. Além disso, é importante não omitir rendas provenientes de aluguéis, rescisões contratuais e outros. Um erro comum que leva à malha fina é inventar despesas dedutíveis, como despesas médicas, por exemplo.

De acordo com dados da Receita Federal, 58% das retenções na malha fina em 2023 foram ocasionadas por deduções incorretas, especialmente em despesas médicas. Já 27% das retenções foram decorrentes de omissão de rendimentos.

### Conclusão: evite complicações e multas!

Finalizar a declaração do Imposto de Renda dentro do prazo estipulado é essencial para evitar complicações e penalidades impostas pela Receita Federal. Não deixe tudo para a última hora, informe-se e esteja em dia com as obrigações fiscais. E lembre-se: a retificação é sempre uma opção para corrigir possíveis equívocos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.