39 milhões de brasileiros têm dinheiro “esquecido” em bancos; descubra se você está na lista.





Dicas para evitar o esquecimento de dinheiro.”>
Brasil, Banco Central, resgate de valores”>

Dinheiro esquecido: Como verificar e resgatar valores no sistema financeiro do <a href="https://www.brasil123.com.br" target="_blank" rel="noopener">Brasil</a>

Dinheiro ‘esquecido’ no sistema financeiro: como verificar e resgatar?

Se você é brasileiro e está em busca de uma grana extra, pode ser interessante saber que cerca de 39 milhões de pessoas têm dinheiro “esquecido” no sistema financeiro do Brasil. Essa informação foi divulgada pelo Banco Central no início deste ano, e os dados contabilizam o período até novembro de 2023. Incrivelmente, são R$ 7,5 bilhões disponíveis no Sistema de Valores a Receber (SVR), dos quais já foram resgatados R$ 5,55 bilhões por meio de instituições financeiras.

O que é o Sistema de Valores a Receber?

O Sistema de Valores a Receber (SVR) é uma plataforma criada pelo Banco Central para centralizar e disponibilizar informações sobre valores que estão à disposição de seus legítimos proprietários. Basicamente, ele funciona como um banco de dados que reúne os recursos financeiros que, por algum motivo, não foram resgatados por seus donos.

Como verificar se você tem dinheiro esquecido?

Caso você queira verificar se tem algum valor esquecido no sistema financeiro brasileiro, o Banco Central disponibiliza uma forma simples e prática de consulta. Basta acessar o site oficial do Banco Central e fornecer as informações solicitadas.

Quais são as empresas com dinheiro para resgatar?

Além dos brasileiros, há também 3 milhões de empresas que têm dinheiro para resgatar no sistema financeiro. Essas empresas podem ter valores esquecidos por diversos motivos, como depósitos judiciais não reclamados, saldos de contas empresariais inativas e outros.

Dicas para evitar dinheiro esquecido

  • Mantenha suas contas bancárias ativas: Evite deixar contas bancárias inativas por longos períodos. Caso não esteja utilizando uma determinada conta, encerre-a formalmente para evitar que valores fiquem esquecidos.
  • Fique atento às restituições: Se você tem direito a restituições de impostos, como o Imposto de Renda, fique atento aos prazos e faça o resgate assim que possível. Evite deixar o dinheiro parado, sujeito a esquecimentos.
  • Atualize seus dados cadastrais: Mantenha seus dados pessoais atualizados junto às instituições financeiras. Dessa forma, você receberá comunicações e notificações sobre valores disponíveis em seu nome.
  • Organize suas finanças: Tenha o hábito de organizar suas finanças e fazer um acompanhamento periódico de suas aplicações, contas e investimentos. Assim, será mais fácil identificar se há algum valor esquecido.

Faça sua consulta agora mesmo e faça o resgate dos seus direitos

Com a divulgação de que cerca de 39 milhões de brasileiros têm dinheiro “esquecido” no sistema financeiro, é importante que todos fiquem atentos e realizem consultas para verificar se há algum valor disponível em seu nome. O Banco Central disponibiliza uma plataforma online para essa consulta, que pode ser feita de forma rápida e fácil. Além disso, é fundamental resgatar esses valores para evitar que eles fiquem parados no sistema financeiro.

Lembre-se de adotar práticas para evitar o esquecimento de dinheiro, como manter suas contas ativas, ficar atento às restituições, atualizar seus dados cadastrais e organizar suas finanças. Assim, você estará mais preparado para evitar que valores fiquem esquecidos e poderá aproveitar melhor suas finanças pessoais ou empresariais.

Não deixe o seu dinheiro “esquecido” no sistema financeiro brasileiro. Consulte agora mesmo se há algum valor disponível em seu nome e faça o resgate dos seus direitos.


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.