Empréstimo de nome: a modalidade de empréstimo que mais causa inadimplências no país

A forma de empréstimo que você usa o seu nome para pegar dinheiro para outra pessoa, é conhecido como empréstimo de nome, e é responsável por grande parte das inadimplências de todo o país, chegando a 24% delas.

Através de uma pesquisa feita pelo CNDL/SPC Brasil foi verificado que cerca de 32% das pessoas consultadas nem sabiam o valor que seria utilizado quando fizeram o empréstimo de nome e que mais da metade das pessoas tiveram que efetuar o pagamento da dívida que fez para outra pessoa. A maioria desses empréstimos são realizados para pessoas próximas ou amigos, e com toda essa situação entre quem emprestou o nome e quem utilizou o dinheiro, já é de se esperar que a amizade ficou totalmente abalada.

Muitas pessoas tem uma enorme dificuldade de dizer não pros outros, e caso você seja uma delas, isso poderá te colocar em uma péssima situação caso alguém peça que você faça um empréstimo de nome.

Um grande percentual de brasileiros que fizeram acerto de dívidas e limpou o nome no último ano, estava negativado exatamente porque fez um empréstimo de nome, segundo dados do CNDL.

Ainda sobre esses dados, eles informam que o empréstimo de nome acontece em 27% dos casos por pedido de amigos, 14% através de pedidos feitos pelos pais, 14% por filhos e 13% pelo companheiro da pessoa contratante, e por último, 12% dos pedidos são feitos por colegas de trabalho.

Uma Dívida Para Pagar Outra Vale a Pena? | UNUM

É importante que você diga não quando alguém lhe solicitar um empréstimo de nome

Toda essa situação constrangedora pode destruir uma amizade e acabar com o bom relacionamento entre você e outras pessoas, e isso pode ser evitado apenas com a decisão de não emprestar e dizer não para quem te solicitou o empréstimo, até porque é melhor que a pessoa fique com raiva porque você disse não do que ter que pagar uma dívida que não é sua, correndo o risco de se tornar negativado e ficar com o nome sujo.

As pessoas que foram entrevistadas pela CNDL ainda informaram que mesmo com toda essa situação, 45% deles emprestaram o dinheiro novamente, sendo que 22% deles concederam porque quem pediu o empréstimo era alguém muito próximo e 10% por querer manter o bom relacionamento com eles.

O que você realmente deve fazer é sempre dizer não nessas situações, seja para um amigo ou familiar, mas sempre busque ser compreensivo e muito educado na hora de negar o pedido, como forma de manter o bom relacionamento com a pessoa.

Além do empréstimo de nome, muitas pessoas acabam emprestando para conhecidos o seu cartão de crédito, que possui taxas de juros altíssimas caso a fatura não seja quitada em dia.

Isso mostra o quanto é importante que você não faça esse tipo de empréstimo, independente da pessoa, a não ser que seja alguém extremamente correto que você sabe que paga todas as suas contas em dia. Caso a pessoa pegue com você o seu cartão de crédito por exemplo, e não realize o pagamento em dias, você ficará em situação muito difícil, e entrar em uma verdadeira bola de neve. Todas essas situações podem fazer com que você perca credibilidade dentro do mercado e fique com o nome sujo, se tornando negativado.

Algumas pessoas até emprestam o nome em situações mais “simples”, como para realizar compras no crediário em lojas, e da mesma forma como acontece com qualquer forma de crédito emprestado, caso a pessoa não pague em dias, a loja poderá colocar o seu nome no SPC ou Serasa por causa de uma dívida que você não fez sozinho. Isso é muito comum em cidades pequenas, onde todo mundo conhece todo mundo, e isso pode fazer com que você, que emprestou o nome, fique em uma situação vergonhosa até mesmo com pessoas que você sempre comprou.

Todas essas informações poderão te ajudar para que você não caia nas dívidas por conta de terceiros, e é importante que tanto você como a pessoa que pediu o seu nome emprestado ou o seu cartão entenda que essas medidas são para a proteção de ambos.

Caso a pessoa esteja passando por uma situação difícil e precise de dinheiro extra, você poderá orientá-lo e indicar alguma modalidade de crédito que combina com o perfil dele, como os empréstimos pessoais. E para te ajudar nesse momento, nós temos várias dicas e informações importantes sobre os diferentes tipos de crédito oferecidos no mercado financeiro, que poderão ajudar você e o seu conhecido a manterem o bom relacionamento e resolver os problemas, e para saber mais clique aqui.

Agora você já sabe, basta dizer não ao empréstimo de nome para manter o bom relacionamento com seu familiar ou amigo, e não ter que pagar uma dívida ou correr o risco de ficar com o nome sujo.