Como funciona o empréstimo para trabalhadores autônomos?

Pode ser que em algum momento das nossas vidas passemos por situações em que iremos precisar de uma ajuda financeira para quitar nossas dívidas ou mesmo para resolver algum assunto de urgência.

Pode ser que o nosso salário não foi suficiente para suprir todos os gastos que tivemos, ou até mesmo que algo inesperado ou imprevistos aconteçam, o que faz com que a gente procure um banco para solicitar um empréstimo.

A maioria das instituições financeiras pedem comprovação da renda ou algum bem como forma de garantia do pagamento do empréstimo, mas, e as pessoas que trabalham por conta própria?

Como solicitar?

As instituições oferecem sim uma modalidade de crédito para essas pessoas, mas como não é possível comprovar a renda, as condições são diferentes dos empréstimos comuns.

Como a renda não pode ser comprovada, o limite liberado pelo banco será bem menor quando comparado com uma pessoa que consegue comprovar que realmente pode pagar pelo dinheiro que vai pegar. Afinal, quando você é autônomo, não consegue mostrar ao gerente do banco que irá conseguir pagar a dívida, e por isso eles provavelmente irão liberar um valor bem menor.

Além disso, normalmente as taxas de juros que serão aplicadas sobre o valor serão maiores, sendo que quanto maior o risco do não pagamento do empréstimo, mais precárias serão as condições de pagamento oferecidas pela instituição.

Fique atento ao tentar solicitar um empréstimo para autônomos

É muito importante que você tome cuidado na hora de procurar um empréstimo que atende a pessoas que trabalham por conta própria, porque muitas pessoas tentam aproveitar da situação para enganar e dar golpes. Normalmente as condições das instituições não são as melhores para essa modalidade de empréstimo, por isso desconfie quando alguém lhe oferecer algo que pareça ser bom demais!

Para que você não caia em ciladas, preparamos algumas dicas que poderão te ajudar na hora de escolher qual opção de empréstimo te atende de verdade e se encaixa no seu bolso.

Cuidado com golpes

Hoje muitas empresas disponibilizam diversas opções de serviços financeiros pela internet, inclusive os empréstimos. Fique atento com as características da instituição, e busque saber em sites de reclamações quais são as notas e principais reclamações que foram feitas em referência à empresa, isso porque existem diversas instituições falsas que atuam para enganar as pessoas.

Nunca deposite dinheiro na conta da “instituição” para que o crédito seja liberado, até porque quem esta precisando do dinheiro é você, e como terá que depositar um valor para receber o empréstimo?

Busque saber de outras pessoas que já fizeram a contratação com a empresa que você está olhando, elas poderão te orientar sobre como foi todo o processo, inclusive se caiu em golpes.

Compare

É muito importante que você saiba quanto irá custar pegar o dinheiro emprestado, então analise e compare quais são as taxas de juros, o valor das parcelas e o prazo para pagamento dado por cada banco, uma vez que eles irão interferir diretamente no valor total que será pago pelo crédito.

Prepare-se

Mesmo que você seja autônomo, poderá usar de alguns artifícios para tentar comprovar que você pode sim quitar em dias o pagamento de todas as parcelas. Então já comece a preparar toda a papelada, como extratos da sua conta bancária que constem sua movimentação financeira e outros documentos que comprovem o seu faturamento mensal, assim você pode conseguir um limite de crédito maior.

Os bancos normalmente costumam pedir o contato de algumas pessoas que podem dar referências sobre você, ou seja, dizer se você realmente é um bom pagador ou não. Isso fará toda a diferença, então já comece a pensar em quem indicar para a instituição.

Como conseguir a melhor opção de empréstimo para trabalhadores autônomos?

Assim como já falamos, você poderá apresentar ao banco extratos que mostrem mais sobre a sua movimentação bancária e que ajude a comprovar o seu rendimento mensal, assim eles poderão oferecer a você melhores condições de crédito.

Como forma de ajudar os trabalhadores autônomos, o Sebrae criou o Cadastro Positivo que ajuda as pessoas que não conseguem comprovar sua renda mensal, e através de um cadastro o histórico do indivíduo é criado, e caso o seu seja de “bom pagador” poderá conseguir melhores condições na hora de solicitar o seu empréstimo.

Empréstimo com garantia de bens para trabalhadores autônomos

Todos os bancos pensam da mesma maneira: é melhor emprestar dinheiro e disponibilizar melhores condições para quem garante que irá quitar a dívida feita.

Dessa forma, e para tornar mais fácil a disponibilização de um crédito extra para os trabalhadores autônomos, os bancos oferecem os empréstimos com garantia de bens, e como tem garantia, você poderá contar com condições de pagamento bem melhores. Mas é fundamental que você saiba que, caso não realize o pagamento de toda a dívida o banco pode e tem o direito de tomar o bem que foi dado com garantia.

Outra opção para os autônomos é conseguir um avalista, ou seja, uma pessoa que colocará a sua renda ou os seus bens como garantia que você irá pagar o empréstimo feito.

Dicas

Procurem sempre efetuar o pagamento das suas contas em dias, e nunca, em hipótese alguma deixe de pagar as parcelas do seu empréstimo, isso poderá te causar grandes problemas por causa das altíssimas taxas de juros que serão cobradas.

Caso você não esteja conseguindo pagar o empréstimo que foi feito, uma nova solicitação de crédito pode ser feita, mas muito cuidado, isso pode virar uma verdadeira bola de neve e te deixar definitivamente no vermelho.