Financiamento de carro pelo banco Santander: você economizará negociando com eles?

O banco Santander apresenta a quarta menor taxa de juros de financiamento de veículos quando comparado com outros cinco bancos. Saiba se realmente vale a pena negociar com eles.

A taxa de juros cobrada pelos bancos na hora de realizar o financiamento, é um dos principais diferenciais para que você escolha com qual deles negociar, pois ela irá interferir no valor final que será pago pelo seu veículo. O Santander é um dos seis maiores bancos presentes no Brasil, e conhecer as taxas cobradas por ele é importante para você decidir qual financiamento fazer.

Comparando o banco Santander, que como falado anteriormente está com quarta menor taxa de juros entre outros bancos, com o banco Bradesco que atualmente cobra a menor taxa do mercado dos financiamentos, você poderá entender a força do valor dos juros na hora de financiar.

Financiando seu carro pelo banco Santander

Com base em dados obtidos através do Banco Central:

Banco Santander:

Está em quarto lugar entre outros bancos, com taxas de juros menores

Cobra juros mensal de 1,44%

E juros anual de 18,78%.

Escolhendo financiar com o Santander, quanto você economiza?

Comparando financiamentos realizados entre o banco Santander e Bradesco, entenda como a taxa de juros pode interferir no valor do seu negócio.

Exemplo: Contratando um financiamento onde o prazo de quitação da dívida é de até 36 meses de um carro no  valor de R$25 mil, dando R$5 mil de entrada para que seja abatido no valor final, você pagará negociando com:

Santander

R$ 25.770,24 (considerando o juros mensal de 1,44%)

Bradesco

R$ 24.663,96% (considerando a menor taxa de juros registrada, 1,18% ao mês)

Com isso você pode vê que escolhendo o banco Santander para financiar o seu carro, você pagará R$1.106,28 a mais pelo mesmo veículo. Por isso a importância de negociar com quem tem a melhor taxa de juros, para que o valor final do seu veículo não saia tão caro. Os valores acima, não incluem outras taxas que são cobradas pelo banco para financiar.

Financiar com o banco Santander, quem pode?

Pessoa física e jurídica pode financiar com o banco Santander. Para isso é necessário realização de cadastro na instituição, levando RG, CPF, comprovante de endereço e de renda para pessoa física e normalmente, além desses documentos é solicitado o CNPJ no caso de representar pessoa jurídica.

Conheça outras taxas cobradas pelo banco

Além dos juros, normalmente os bancos cobram outras taxas para que seja realizado o financiamento, como para realizar o cadastro, fazer a cópia da documentação, entre outros. Por isso é necessário se informar sobre todas as taxas cobradas pelo banco antes de contratar o financiamento. O banco Santander não libera a relação de tarifas cobradas.

Modelos de financiamento disponíveis no banco Santander

Existem dois tipos de financiamentos, o comum e o do tipo leasing, que hoje não é muito realizado pelo fato de que o veículo deverá permanecer em nome do banco até que a dívida seja completamente paga. Entenda como funciona cada um deles.

Financiamento de veículos

  • Pode ser feito por pessoa física e jurídica
  • O veículo financiado é do tipo comercial
  • O veículo pode ter o seu valor totalmente financiado, e o pagamento deve ocorrer em até 60 meses.

SuperAuto

  • Pode ser financiado apenas por pessoa física
  • Nesse modelo de financiamento, podem ser financiados veículos novos e semi-novos, que obedeça ao requisito de ter até 10 anos de fabricação
  • O valor total do veículo pode ser financiado e pago em até 60 vezes

Leasing

  • Tipo de financiamento que pode ser realizado apenas por pessoa física
  • Apenas veículos comerciais podem ser financiados
  • O pagamento do crédito é feito através de débito automático diretamente na conta corrente do titular, com parcelas de valor fixo que podem ser pagas entre 24 e 60 meses.

Quero financiar com o banco Santander! Como fazer?

Para isso você deverá entrar em contato com o banco para iniciar com o financiamento. Você também pode acessar o site da instituição para ter mais conhecimento sobre os financiamentos ofertados.