4 vieses presentes na tomada de decisões do investidor

Conheça quais são os vieses que podem interferir na hora de tomar decisões quanto aos seus investimentos!

Quando estamos buscando o caminho mais favorável para seguir, temos incessantemente que tomar decisões e realizar escolhas, tanto financeiras, quanto em outros setores vinculados à nossa vida. Por isso é sempre importante buscar por informações e recursos que possam enrijecer e facilitar na hora de realizar nosso planejamento financeiro.

Como posso ser um investidor cheio de conquistas?

Os vieses são empregados para estudar todas as formas de escolhas financeiras que os investidores podem tomar. Quando precisamos tomar decisões e adotar estratégicas, seja para nossa vida financeira ou para outros fins, para que as respostas sejam adquiridas mais facilmente e de forma mais rápida, nosso cérebro cria atalhos baseados em emoções, o que na maioria das vezes faz com que as pessoas tomem decisões precipitadas e acabem cometendo erros graves.

Vieses comportamentais:

Viés da confirmação

Esse viés se dá porque sempre confiamos no que já conhecemos e no que já temos costume de fazer. Caracteriza-se por termos a tendência de absorver informações com base nas nossas próprias ideologias, como por exemplo, caso seja realizado um estudo novo sobre o assunto x, como já conhecemos do assunto e sempre tivemos algo em mente, temos certeza que o que sempre soubemos é o certo e verdadeiro, e não damos espaço para que novas idéias entrem na nossa cabeça.

Viés da ancoragem

Esse viés faz com que na tomada de decisões e na formulação de estimativas, uma primeira informação que já tivemos tenha muito mais peso que uma nova, mesmo que as duas não tenham nada em comum. Por exemplo, João, que é um investidor que costuma tomar decisões por impulso, viu uma ação de uma empresa A por R$ 80,00, já na empresa B é de R$ 50,00, automaticamente já julga a empresa B como a melhor para realizar seus investimentos, devido ao seu valor mais baixo, mesmo que as duas empresas não se correlacionem entre si, e isso sem analisar criteriosamente como funciona cada uma delas.

Falácia do jogador

Esse viés nos faz “calcular” a probabilidade de alguma coisa não acontecer de novo, sendo esse um erro muito grande que cometemos de não entender que uma estatística independe da outra. Podemos citar como exemplo um jogador que possui duas cartas no jogo, a vermelha e a verde, em que o objetivo principal é tirar mais vezes a carta vermelha ao invés da verde. Como resultado, nas primeiras tentativas você acaba tirando verde em todas, e isso te faz calcular que há mais de 50% de chance de tirar a vermelha na próxima vez, visto que, a verde já veio “demais”.

Autoconfiança excessiva

Este viés está completamente interligado ao de confirmação, em que você tende a confiar de forma excessiva apenas em suas convicções, conhecimentos e opiniões. Superestima também a sua capacidade de tomar decisões completamente sozinho, sem necessidade de pedir ajuda a alguém.

Veja mais:

Obedeça seu perfil.