Dicas para começar a investir

Economizar dinheiro muitas vezes é uma tarefa difícil, e no começo, saber onde e a forma correta de aplicar as economias pode acabar deixando inseguro vários investidores iniciantes.

Sabendo a importância de fazer um investimento, consegue-se investir de forma segura e evitar que armadilhas ocorram com o seu dinheiro. Mostraremos algumas dicas de como fazer o investimento:

Como começar o investimento?

Buscar o maior número de informações sobre os tipos de investimentos mais comuns e suas variedades é a melhor maneira de começar a investir.

Vários investidores iniciantes almejam ganhar muito dinheiro em um período curto de tempo e sem o esforço necessário, o que é um grande erro. Na técnica do investimento de finanças é de extrema importância ter conhecimento, domínio, paciência e estratégia.

O melhor investimento, como escolher?

É necessário organização, preparo e também autoconhecimento para escolher o melhor tipo investimento de acordo com o seu perfil de investidor. Tirar um tempo para a ampliação e desenvolvimento da Educação Financeira sem dúvidas trará um resultado satisfatório e compensador.

Analise alternativas de investimentos além da tradicional poupança

Além da poupança, que em certos momentos da economia chega a render menos que a inflação, existem alternativas de investimentos a curto, médio e longo prazo. Caso a intenção seja usar o dinheiro a um prazo muito curto, ela se torna uma boa escolha, devido à alta liquidez, o que permite o resgate do valor investido de forma rápida, caso necessário.

Se você conhece alguém que conseguiu ficar rico através de investimentos na bolsa de valores, isso não significa que isso também irá acontecer com você. É necessário determinar o seu objetivo antes de escolher o melhor tipo de investimento, qual será o investimento feito inicialmente e também mensalmente e o tempo de retorno.

Identificando o seu perfil de investidor

Através dessas respostas, você conseguirá determinar e analisar o seu perfil de investidor:

  • Perfil investidor conservador: mesmo que obtenha menor retorno, busca o máximo de segurança;
  • Perfil investidor moderado: procura estabilidade entre garantia, liquidez e rendimento;
  • Perfil investidor agressivo: procura o maior lucro possível, mesmo com a possibilidade de prejuízos.

Entretanto, não existe investimento que seja ruim ou bom, mas sim o que atenderá às suas necessidades e finalidades específicas.

Como investir de maneira consciente?

Mesmo que você se identifique e defina o seu perfil de investidor, isso não significa que você deverá aplicar suas finanças em um único tipo de investimento. Ter alternativas é importante e aconselhável, para compensar em caso de prejuízo imprevisto.

A melhor maneira de aplicar dinheiro para os investidores com perfil conservador, é colocar a maior parte do dinheiro em Renda Fixa, por exemplo, e uma parte pequena em ações, ou seja, Renda Variável. Isto também vale para os investidores com os outros perfis, devendo ajustar os valores a serem investidos ao objetivo que se pretende alcançar dentro dos prazos. Bons investimentos!