XP Inc: A incrível valorização de 60% desde o seu lançamento no mercado acionário

No final do ano de 2019, a corretora XP Inc foi lançada no mercado acionário norte-americano, e para começar o ano de 2020 da melhor maneira possível, o seu valor de mercado superou e ultrapassou a faixa de 24 milhões de dólares, o equivalente a 100 bilhões de reais, o que levou ao incentivo e colaboração de uma valorização de mais de 60% desde a sua estréia no mercado acionário. Com isso, ocorreu alta de mais de 7% em relação ao fechamento da véspera, e na máxima da sessão, os papéis foram mercantilizados pelo valor de 43,52 dólares. 

Tendo em vista o valor de encerramento do dólar, sendo ele o correspondente a 4,2060 reais conforme o fechamento, que foi considerado na véspera de acordo com o olhar comercial, a marca de 100 bilhões de reais conseguiu ultrapassar o preço de comércio da preterida pela XP, a B3, isso quando consideramos o momento de escolha em relação à localidade para o seu IPO, que é realizado em Nova York. Conforme os cálculos da Reuters e dados da Refinitiv, o valor de mercado da B3 conforme a cotação máxima desta sessão, chegava a 98 bilhões de reais.

A diferença ainda é aceitável entre as grandes instituições financeiras, se for levado em consideração os valores máximos que foram alcançados nesta sessão. Confira os valores de mercado de cada um deles: o Banco Santander (SA:SANB11) fica com valor superior e supera a faixa de 165 bilhões de reais enquanto o Banco do Brasil (SA:BBAS3) quando consideramos o valor de mercado dos dois, está por volta de 140 bilhões de reais, valor inferior ao considerado pelo banco Santander. Enquanto o banco Itaú ultrapassa a marca e chega a mais de 300 bilhões de reais, o do banco Bradesco (SA:BBDC4) fica com valor inferior, girando em torno de 270 bilhões de reais, já no BTG Pactual (SA:BPAC11), que é considerado como maior concorrente para a XP por muitas pessoas, apresenta por volta de 80 bilhões de reais como valor de mercado.

De acordo com o fechamento do dólar no dado momento, as ações da XP encerraram e obtiveram alta de 4,65%, e chegaram a 42,48 dólares quando a sessão foi finalizada, retratando um valor de mercado de 93,6 bilhões de reais, o correspondente a 22,4 bilhões de dólares.

XP ASSET | Câmara de Comércio Brasil-Canadá

Os analistas de diversas instituições financeiras começaram a oferecer preços melhores e a cobrir as ações da XP, no primeiro mês de 2020, com o intuito de colocar valores que diversificaram ao redor de 43 dólares e indicações entre “compra” e “neutra”.

Comandados por Marcelo Telles naquela ocasião, os analistas do Credit Suisse apontaram que a XP se tornou uma empresa que cresceu rapidamente e que teve uma alta lucratividade, sendo uma plataforma livre de realizar investimentos, muito influente e conhecida no Brasil, que vem crescendo de forma significativa ganhando cada dia mais o mercado. 

No início do primeiro mês de 2020, foi ressaltado pelos analistas do Goldman Sachs que enquanto os concorrentes não bancários da XP são significativamente menores em escala, a XP Inc está em uma posição exclusiva para ganhar participação e apoio dos grandes bancos no Brasil.