Como devo começar a investir?

Antes de começar a fazer os investimentos com o seu dinheiro é importante que você saiba algumas informações fundamentais e que comece a tomar atitudes que poderão fazer toda diferença nos seus investimentos, como:

  1. Evite contas atrasadas e deixe suas finanças em dia;
  2. Mantenha sobre controle e saiba como dominar o seu orçamento mensal;
  3. Tenha o hábito de poupar parte do seu dinheiro;
  4. Faça uma reserva para ser usada em casos de emergências;

Essas atitudes que podem e devem ser tomadas ajudarão e irão colaborar para o bom andamento da sua vida financeira, além de permitir que você conheça e identifique qual é o seu perfil de investidor, bem como estabelecer suas metas e objetivos.

Antes de investir o seu dinheiro é importante que você busque o máximo de informações possíveis sobre os diversos tipos de investimentos disponíveis no mercado financeiro, e nunca tome decisões precipitadas com base no que outras pessoas falaram, sem ter a certa de que está no caminho certo.

Isso porque cada um apresenta um perfil de investidor, suas próprias metas e diferentes necessidades. Por isso é importante que você defina os seus objetivos e considere o seu perfil, isso é essencial para que você consiga evitar decisões erradas e para o bom andamento dos seus investimentos.

Então, antes de tomar qualquer decisão avalie o seu perfil e quais as suas necessidades, e busque o máximo de informações possíveis sobre o investimento que você quer fazer, e verifique se ele realmente é o mais adequado para você!

Primeiro passo

Investimento Responsável e Sustentável – Observador

Para quem está dando os seus primeiros passos, é comum o surgimento de dúvidas e preocupações quando falamos em investimentos, e a principal delas é em relação a não ter grandes quantias de dinheiro para realizar esse propósito. Para te ajudar nesse momento vamos fazer uma exemplificação para que você entenda melhor:

Vamos supor que uma pessoa conseguiu economizar parte do seu salário e ainda recebeu um dinheiro extra, em que a soma de tudo de R$1.000, mas existe a dúvida do que realmente fazer com esse capital.

Neste caso, a pessoa deve inicialmente levar em consideração a visão de longo prazo, já que os melhores resultados surgem com um tempo maior de investimento, e quanto mais tempo deixar o seu dinheiro investido, maior será o rendimento que ele terá. 

Devido a isso, é essencial que a pessoa conte com uma reserva extra para ser usada em casos de emergências, como despesas adicionais que podem surgir e que não estavam previstas. A reserva financeira tem como função proteger e evitar que o orçamento seja afetado por possíveis gastos inesperados, impedindo que seja necessário retirar o dinheiro que foi investido.

Vale lembrar que quando falamos de investimentos é importante que você saiba que quanto menor for o risco, menor será a rentabilidade da aplicação, ou seja, quanto mais riscos aquele investimento tiver, mais lucro você terá, mas isso será decidido conforme o seu perfil de investidor. Por isso é tão importante que você conheça o seu perfil, porque assim saberá decidir entre as diversas opções de investimentos disponíveis para você.

Avalie o seu perfil, mas escolha opções menos arriscadas

A escolha menos arriscada para pequenos investidores que querem evitar grandes riscos é a Renda Fixa, pois como o próprio nome diz, os percentuais de lucros são fixos e você sabe quanto realmente o seu dinheiro vai render mensalmente, já na Renda Variável exige tolerância ao risco e requer um preparo maior por parte do investidor, porque os lucros não são determinados de forma fixa e podem sofrer variações constantemente, como acontece com o mercado das ações.

Existem diversas opções de investimentos pelos quais você poderá decidir, então avalie o seu perfil e busque saber a opção que mais se encaixa naquilo que você busca e realmente precisa.